O que é armazenamento em nuvem

O que é armazenamento em nuvem? – Definição e 2 principais serviços!

O que é armazenamento em nuvem? Funciona como um bom monitoramento de TI? Embora este seja um tópico bastante amplo, podemos garantir que entender os mecanismos por trás do funcionamento do armazenamento em nuvem, também conhecido como computação em nuvem ou Cloud Computing, é mais fácil do que você imagina. Leia conosco até o final e descubra de forma detalhada o que é armazenamento em nuvem, vamos lá!

O que é computação em nuvem e como funciona?

A chamada “nuvem”, na verdade, nada mais é do que a técnica de utilização de uma série de computadores, espalhados em várias partes do mundo, que trabalham juntos para realizar operações comuns de vários tipos, que podem exigir armazenamento espaço ou poder de processamento não pode ser obtido de um único local.

Nesse contexto, são extremamente conhecidos os serviços de armazenamento em nuvem, ou seja, aqueles que disponibilizam espaço na Internet para guardar cópias de segurança de seus arquivos.

Uma vez arquivados, podem ser visualizados por uma ampla gama de dispositivos (PCs, smartphones e tablets, por exemplo, mas também Smart TVs e outros dispositivos conectados) após navegar a partir de um navegador ou instalar um software específico.

Armazenamento em nuvem SaaS, PaaS e IaaS

Existem, no entanto, outras variações do mundo da nuvem: serviços SaaS, (Software as a Service), que oferecem a possibilidade de execução remota de software para processamento de dados complexos.

Serviços de PaaS (Platform as a Service), que disponibilizam ao usuário ambientes de desenvolvimento completos, que podem ser utilizados para fornecer diversos tipos de serviços aos seus clientes.

Ou, ainda, serviços IaaS (Hardware as a Service), que oferecem a possibilidade de utilização de equipamentos complexos de hardware, diretamente de sua mesa, para realizar tarefas que exigem recursos extremamente altos (tanto em termos de hardware quanto de conectividade), sendo difíceis de obter de um servidor comum.

Armazenamento em nuvem multitarefas

A peculiaridade das plataformas em nuvem, seja qual for à categoria que pertençam, é sua natureza abstrata: os serviços oferecidos não vêm de um único servidor ou de uma única bateria de computador.

Geralmente são fornecidos por meio de redes complexas de computadores que funcionam com uma rede paralela e abordagem concorrente, ou seja, capaz de realizar diferentes tarefas que, no entanto, se combinam para fornecer os serviços solicitados da melhor maneira possível.

Por exemplo, os serviços em nuvem distribuem os dados do usuário em um grande número de discos, físicos e virtuais, espalhados por vários servidores remotos ao mesmo tempo.

Dessa forma, eles tentam fornecer velocidade de acesso, integridade dos dados e segurança. Dependendo dos serviços prestados e dos recursos necessários, a utilização de plataformas “Cloud” (armazenamento em nuvem em inglês fica “Cloud Computing”, que em tradução literal significa “Computação em nuvem”) pode ter um custo mais ou menos elevado.

Vai desde a disponibilização gratuita de alguns serviços de armazenamento Cloud, até ao aluguel de infraestruturas inteiras que podem custar milhares e milhares de reais por mês.

Serviços de armazenamento em nuvem: Google e Apple

Como funciona o armazenamento em nuvem do Google?

Já sabemos o que é armazenamento em nuvem, mas e como funcionam os principais serviços de Cloud disponíveis para as pessoas mais comuns? Vamos começar explicando sobre o serviço oferecido pelo Google, o Google Drive.

O Google Drive é o serviço de armazenamento em nuvem da Google, concebido para criar cópias de segurança dos seus dados, que podem assim ser geridos e visualizados a partir de um PC, smartphone, tablet e Web, bem como compartilhado com outros usuários da Internet.

Por padrão, o Google Drive oferece 15 GB de espaço livre, que pode ser aumentado assinando o serviço Google One.

Como você pode imaginar, para usar o Google Drive é essencial ter uma conta do Google: se você ainda não a possui, crie a sua preenchendo o formulário proposto com as informações solicitadas (nome, sobrenome, nome de usuário e senha, a ser digitado duas vezes), depois pressione o botão “Próximo” e defina os detalhes adicionais seguindo o procedimento simples que é proposto a você.

Em seguida, basta logar no site ou app oficial do Google Drive e começar a subir suas fotos, vídeos, documentos e quaisquer outros arquivos que deseja salvar em nuvem, até mesmo backup de suas conversas do WhatsApp ou definições do seu smartphone, caso este último funcione sob o sistema operacional Android.

Como funciona o armazenamento em nuvem da Apple?

O que é armazenamento em nuvem da Apple? Estamos falando do iCloud. Basicamente, o iCloud é um serviço de nuvem gratuito que oferece 5 GB de armazenamento. Caso pretenda, no entanto, pode adquirir espaço adicional subscrevendo uma subscrição paga.

Para usar o iCloud é essencial ter um ID Apple: se você ainda não possui um, pode se conectar ao site oficial da Apple, iniciar o procedimento para criar um e, após preencher o formulário de registro no serviço, confirme sua identidade seguindo o link que será enviado a você posteriormente, por e-mail.

Em seguida, basta logar no site ou app oficial do iCloud e começar a subir suas fotos, vídeos, documentos e quaisquer outros arquivos que deseja salvar em nuvem, até mesmo backup de suas conversas do WhatsApp ou definições do seu smartphone, caso este último funcione sob o sistema operacional iOS. Até a próxima!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.